Brussels Airlines prepara novos investimentos

No ano em que assinalou o seu 15º aniversário, a Brussels Airlines transportou mais de 9 milhões de passageiros, lançou novos destinos de médio e longo curso, e integrou a Thomas Cook Airlines Belgium.

O ritmo de crescimento continuará em 2018 e muitos projectos de investimento estão planeados, incluindo a extensão do The Loft (lounge no aeroporto de Bruxelas), a substituição de 7 aeronaves Airbus A330, o lançamento de novas cabines a bordo de toda a frota de longo curso e o investimento em novas plataformas digitais.

Durante o ano de aniversário, a Brussels Airlines continuou sua estratégia de crescimento. Na Primavera, Mumbai, foi o primeiro destino da companhia aérea na Ásia adicionado à rede. A rede de curto/médio curso expandiu-se com o Erevan, Palma, Rhodes e Madeira.

O projecto de harmonização de frotas incluiu, ainda em 2017, a eliminação da aeronave tipo AVRO RJ com 98 assentos, que foi substituída por aeronaves Airbus A319 / A320 maiores e com aumento de capacidade de 40% e 80%, respectivamente.

O crescimento externo foi alcançado graças à integração das actividades da Thomas Cook Airlines Belgium no final de Outubro. A grande maioria dos turistas Thomas Cook agora voa com a Brussels Airlines. Como resultado, a Brussels Airlines expandiu sua rede de voos com novos destinos de sol de inverno (Cabo Verde, Tunísia, Ilhas Canárias e Egipto). A parceria também irá adicionar uma série de novos destinos mediterrânicos à rede na próxima Primavera, incluindo as ilhas gregas.