Bruxelas aprovou venda da ANA

Bruxelas tornou pública esta terça-feira a sua aprovação à venda da ANA ao grupo francês Vincci que vai ficar com a concessão dos aeroportos nacionais por um período de 50 anos. ?A investigação da Comissão Europeia apurou que a transacção não levanta problemas de concorrência?, lê-se no comunicado emitido ontem por Bruxelas. Com a aprovação desta operação, as acções da ANA poderão agora ser transferidas para o novo accionista, o grupo Vincci, que ofereceu 3080 milhões de euros pela empresa. Recorde-se que este valor inclui 1200 milhões relativos ao pagamento da concessão dos aeroportos nacionais, uma verba de igual valor referente à compra das acções da ANA e ainda cerca de 700 milhões que servirão para abater a dívida da empresa. O contrato entre o Estado português e a Vincci foi assinado em finais de Fevereiro, mas a operação apenas agora poderá ser concluída. M.F.