BTL 2018 vai dar enfoque ao segmento MI e cria espaço próprio de networking

A edição de 2018 da BTL vai dar um enfoque ao segmento MI, com a criação de um espaço próprio do pavilhão 2 dedicado a este segmento, anunciou esta quarta-feira, Fátima Vila Maior, directora de área de feiras da FIL e responsável pela Bolsa de Turismo de Lisboa. O lançamento deste novo projecto vai acontecer esta sexta-feira.

De acordo com a responsável, que falava num encontro com jornalistas, em Lisboa, “existe um conjunto de hotéis na região de Lisboa e de empresas de equipamentos que faz todo o sentido estar na BTL com vocação para o segmento MI. Embora a BTL não seja uma Feira de MI, achamos que faz todo o sentido fazer alguma coisa em termos de hosted buyers”. Assim, “este ano estamos a lançar um projecto-piloto no sentido de ter algum impacto neste sector e poder trazer compradores internacionais”, acrescentou Fátima Vila Maior, que acredita no sucesso deste projecto.

Através do programa hosted buyers da BTL, em colaboração com a TAP, o Turismo de Portugal e os hotéis em Lisboa, serão convidados compradores de países como os Estados Unidos da América, Reino Unido, França, Alemanha e Brasil, que se dedicam a este segmento.

Por outro lado, no pavilhão 2 da FIL será criado um espaço com cerca de 100 metros quadrados, onde serão feitas as reuniões do MI, e onde as empresas que só tenham interesse neste segmento possam alugar como se fosse “uma pequena feira de MI”, num formato mais fácil e com pouco investimento, segundo esclareceu a responsável pela BTL. Igualmente, o site da Feira vai criar um espaço de fácil acesso aos buyers internacionais que se dedicam a esta temática, para que possam marcar as suas reuniões.