Cabo Verde Investimentos e DGT assumem carácter regional

A Cabo Verde Investimentos e a Direcção Geral do Turismo de Cabo Verde vão assumir uma vertente regional. O governo quer mais proximidade e capacidade de decisão a nível local. O anúncio foi feito pela ministra cabo-verdiana do Turismo, Investimentos e Desenvolvimento Empresarial.
Leonesa Fortes explicou que, em breve, passarão a existir três centros regionais de promoção turística e captação de investimentos para o sector, dotados de autonomia e capacidade de decisão, e que deverão competir entre si. Um dos centros ficará instalado em Santiago, abrangendo Fogo, Brava e Maio. No Sal, ficará um segundo centro, compreendendo também a ilha da Boa Vista. Em São Vicente, funcionará o terceiro centro regional, que actuará igualmente em Santo Antão e São Nicolau.
“Estamos perante novos desafios e apresentamos novas soluções”, justificou a governante.
C.M.