Campanha de turismo interno entra na 2ª fase

A campanha de turismo interno entra na sua segunda fase, agora com o mote “Ponha Portugal no Seu Mapa”, e vai decorrer até Julho.

Com o objectivo de incentivar os portugueses à realização de mini férias na época baixa, esta campanha pretende mostrar a diversidade da oferta turística nacional através do ponto de vista dos portugueses, que produziram pequenos filmes sobre 16 temas lançados pelo Turismo de Portugal.

Esta campanha é inspirada no universo da crítica de filmes de cinema de autor mas em vez de filmes serão planos e em vez de realizadores conhecidos serão portugueses desconhecidos que captaram Portugal com a sua visão. Do nome dos planos, às vozes dos trailers, à própria sonorização dos planos, tudo será inspirado neste universo da crítica.

De acordo com o presidente do Turismo de Portugal, “o turismo interno é um importante factor de dinamização regional”, para acrescentar que “somos o primeiro país que está a fazer isto: utilizar imagens recolhidas pelos seus nacionais para fazer a promoção do próprio país”.

Neste sentido, Luís Araújo considera que “é algo inovador e em que continuaremos a apostar uma vez que é fundamental para combater as assimetrias regionais e gerar um maior conhecimento do país”.

O peso do turismo interno em Portugal, em 2016, foi cerca de 40,1% e de acordo com os dados divulgados pelo INE, os hóspedes registaram 7,6 milhões e as dormidas de residentes em Portugal no alojamento turístico português foram, 15,2 milhões (+5,2%). Por região, em total de pernoitas, em 2016, o destino n.º1 dos residentes em Portugal foi o Algarve, com 3,9 milhões de dormidas, seguindo-se o Norte, com 3,1 milhões, Lisboa, com 3,0 milhões, Centro, com 2,8 milhões, Alentejo, com 1,0 milhões, Madeira, com 788 mil e Açores, com 632 mil.