Capital de Cabo Verde vai ter novo complexo hoteleiro

Vai ser implementado na zona ribeirinha da capital cabo-verdiana, mais precisamente junto à praia da Gamboa, um complexo hoteleiro com mais de 400 quartos.

A infra-estrutura compreenderá vários edifícios de 8 e 9 pisos e, segundo o presidente da Câmara da Praia, Óscar Santos, citado pela imprensa local, irá “transformar significativamente a zona e enriquecer substancialmente” a oferta turística da capital cabo-verdiana.

Sem avançar datas precisas para a operação de alienação à empresa Blomacq, que mobiliza capitais nacionais e estrangeiros, nem detalhes técnicos e financeiros do projecto, o chefe da edilidade salientou, no entanto, que a alienação em causa obteve já o aval da Assembleia Municipal (AM), na última sessão plenária daquele órgão deliberativo.

Entretanto, a hotelaria não pára de crescer em Cabo Verde, não só nas ilhas de maior vocação turística, mas também nas restantes. A Norte da cidade de São Filipe (ilha do Fogo) vai nascer um empreendimento de luxo, o Hotel Baragonta. A iniciativa é de um grupo de três emigrantes radicados nos Estados Unidos da América.