Casas Açorianas promovem-se nas asas da SATA

As Casas Açorianas – Associação de Turismo em Espaço Rural, a RTA/Açores e a SATA rubricaram esta quinta-feira na BTL, uma parceria que vai permitir a realização de uma série de programas de interesse cultural sobre a realidade rural açoriana, que posteriormente serão exibidos nas rotas da companhia aérea.

Esta série de programas denominada“Casas Açorianas – Reportório de Vivências”, vai mostrar a excelência da realidade rural dos Açores agora associada a uma actividade turística que oferece um conjunto de experiências que têm por base as vivências tradicionais de cada uma das ilhas.

A difusão deste programas “é uma forte mais valia para a divulgação das nossas casas associadas e para a imagem altamente diferenciada que caracteriza o destino Açores”, disse o presidente das Casas Açorianas, Gilberto Vieira.

É aqui que entra esta parceria com a SATA que irá exibir os compactos destes programas a bordo, o que “para além de serem motive de interesse para os passageiros e mais um meio de promoção do destino Açores, são também uma potencial forma de captação de novos clients”, considerou o responsável da associação.

As Casas Açorianas – Associação de Turismo em Espaço Rural, a RTA/Açores e a SATA rubricaram esta quinta-feira na BTL, uma parceria que vai permitir a realização de uma série de programas de interesse cultural sobre a realidade rural açoriana, que posteriormente serão exibidos nas rotas da companhia aérea.

Esta série denominada “Casas Açorianas – Reportório de Vivências”, vai mostrar a excelência da realidade rural dos Açores agora associada a uma actividade turística que oferece um conjunto de experiências que têm por base as vivências tradicionais de cada uma das ilhas.

A difusão deste programas “é uma forte mais valia para a divulgação das nossas casas associadas e para a imagem altamente diferenciada que caracteriza o destino Açores”, disse o presidente das Casas Açorianas, Gilberto Vieira.

É aqui que entra esta parceria com a SATA que irá exibir os compactos destes programas a bordo, o que “para além de serem motive de interesse para os passageiros e mais um meio de promoção do destino Açores, são também uma potencial forma de captação de novos clients”, considerou o responsável da associação.