Centro de Portugal: Procura turística cresce três vezes mais que a média nacional

Publicados a 14 de Setembro pelo INE, os resultados da actividade turística relativos ao mês de Julho mostram “um enorme aumento no número de dormidas na região, em particular por estrangeiros”, com a região a crescer, em alguns indicadores, três ou quatro vezes mais que a média nacional, sublinha a ERT Centro de Portugal.

De acordo com dados do INE, as dormidas aumentaram 13,3 por cento na região Centro quando o crescimento nacional foi de 4,7%. Em valores absolutos, no Centro registaram-se 626 mil dormidas em Julho, mais 73,3 mil que no mesmo mês do ano anterior.

As dormidas de não residentes no dispararam” 25,5%, para 319,8 mil, com a ERT a sublinhar que “o Centro foi, aliás, a região que mais cresceu neste indicador: quase cinco vezes mais que a média nacional, que foi de 5,4%”. Já os portugueses foram responsáveis por Centro 306,3 mil dormidas, numa “subida mais modesta, de 2,8%”, refere a entidade.

No acumulado do ano a região cresceu 14,9% nas dormidas (face a 8,5% de crescimento médio nacional), com as dormidas de estrangeiros a progrediram 28,2% (face a 10,2% na média nacional). Os proveitos totais aumentaram 14,3% em Julho (19,1% no acumulado do ano) e a ocupação subiu 5%.

“Este crescimento, notório em todos os indicadores, é um forte sinal de que a estratégia seguida pelos intervenientes na área da actividade turística do Centro de Portugal é a correta e está a dar frutos”, sublinha a Turismo Centro de Portugal.