Cimeira da OMT para as Américas abordou tecnologias digitais

A 61ª edição da Cimeira regional da Organização Mundial de Turismo para as Américas que decorreu no final de Maio, teve como destaque a aplicação das tecnologias digitais ao turismo.

Realizada pela primeira vez em duas localizações distintas, El Salvador e Roatán (Honduras) a maioria dos participantes, representando 24 Estados membro, sublinhou a necessidade de a sustentabilidade se impor nas políticas sectoriais como uma área chave, muito além da campanha global para a sustentabilidade que representa o Ano Internacional do Turismo Sustentável para o Desenvolvimento, iniciativa da OMT.

A relação entre a sustentabilidade e as novas tecnologias foi a temática principal do seminário internacional realizado no âmbito desta cimeira, em que foram abordadas as tendências actuais, nomeadamente em refer~encia ao Big Data e às novas plataformas de serviços turísticos. O valor da Rede Internacional de Observatórios de Turismo Sustentável, uma das principais iniciativas da OMT no que toca à avaliação do impacto do sector foi um dos pontos que maior unanimidade gerou.