Cláudia Monteiro de Aguiar alia-se à CAP na defesa do Turismo Rural

A eurodeputada assinou um Protocolo de Cooperação Europeia com a Confederação dos Agricultores de Portugal (CAP) tendo em vista a defesa e promoção do Turismo Rural junto das instituições europeias.

O protocolo foi assinado à margem da conferência “Oportunidades para o Desenvolvimento do Turismo em espaço Rural” que se realizou no início da semana em Santarém, na Feira Nacional da Agricultura.

O protocolo pretende promover e desenvolver oportunidades europeias não apenas na promoção junto de mercados externos mas também capacitar as empresas com melhor informação e assessoria especializada. “Apresentaremos projectos-piloto para o Turismo em Espaço Rural com diversos produtos e serviços. Mas estaremos atentos também na inclusão de medidas para o próximo Quadro Financeiro Plurianual onde através da PAC, do Fundo de Coesão e  FEADER, por exemplo, defenderemos apoio a ambos sectores.”

Cláudia Monteiro de Aguiar criticou a Comissão Europeia por este “atentado à Política Agrícola Comum bem como ao Fundo de Coesão que afectaram gravemente ambos sectores (agricultura e turismo) em Portugal “ e comprometeu-se a apoiar a defesa de ambos, em Bruxelas, no decorrer das negociações sectoriais que se iniciam agora.

Sublinhando que turismo e agricultura “são sectores de enorme importância para o desenvolvimento de Portugal”, a eurodeputada do PSD, Cláudia Monteiro de Aguiar, considera que “as regiões do interior devem encontrar no turismo em espaço rural um modelo alternativo que crie valor acrescentado, gere novas oportunidades de emprego e potencie a economia local” e avança que, embora os privados tenham aqui um papel fundamental “o Estado tem te assumir a liderança numa Estratégia e Visão para o Turismo Rural e criar medidas de incentivo e apoio”. Segundo a eurodeputada “falta coordenação, estratégia e vontade política para ajudar a agregar e dinamizar uma oferta que continua, ainda, dispersa, desorientada”, defendeu Cláudia Monteiro de Aguiar.