Conferência em Lisboa analisa turismo residencial e golfe

A APR (Associação Portuguesa de Resorts) e o CNIG (Conselho Nacional da Indústria de Golfe) realizam em conjunto a Conferência Nacional do Turismo Residencial e do Golfe no próximo dia 26 de Janeiro, no Hotel Dom Pedro Palace em Lisboa.

As entidades organizadoras indicam em nota de imprensa que o programa final está a ser ultimado e será publicado muito em breve. A entrada é livre, mas a inscrição é obrigatória.

A APR foi constituída com o fim de unir e fortalecer o sector do Turismo Residencial tornando-o mais competitivo no futuro. Os seus principais objectivos são a promoção e representação dos seus associados em Portugal e no estrangeiro, produção de estudos / relatórios que ajudem a competitividade do sector, facilitar a ligação com entidades públicas e organismos oficiais, tais como o Ministério da Economia, Secretaria de Estado do Turismo e Turismo de Portugal, fazendo ouvir os interesses dos seus associados e propondo medidas de natureza legislativa, fiscal e promocional, bem como conseguir desenvolver isoladamente ou com o Turismo de Portugal, campanhas internacionais de promoção de Portugal como destino de aquisição de segunda habitação

Em relação ao golfe, refira-se que Portugal acaba de ser eleito, pelo terceiro ano consecutivo, o “Melhor Destino de Golfe do Mundo”, durante a cerimónia dos World Golf Awards 2016, que deu também ao nosso país o título de “Melhor Destino de Golfe da Europa”.

Em Portugal existem actualmente 91 campos de golfe, dos quais 66 têm 18 ou 27 buracos. O Algarve é a região que concentra o maior número de campos em Portugal (44%), seguida da região NUT II de Lisboa (17,58%). Relativamente aos mercados de origem, de acordo com a última informação disponível (Estudo KPMG/CNIG – 2014), constata-se que em termos absolutos, o Reino Unido continua a ser o mercado emissor mais representativo, com cerca de 51% da procura, seguindo-se o mercado interno com 22% das voltas realizadas. Suécia (7%), Alemanha (5%) e Irlanda (5%), completam o top 5.