Construção do Terminal de Cruzeiros de Lisboa com três candidaturas

Creuers del Port de Barcelona, SA; Global Ports Holding (GPH) / Mota-Engil, Ambiente e Serviços, SGPS, SA e SETH ? Sociedade de Empreitadas e Trabalhos Hidráulicos, SA (Somague Engenharia, SA, Grupo Sousa, Investimentos SGPS, Pioneiro do Rio, Serviços Marítimos, Ldª. e RCCL, Royal Caribbean Cruises Ltd) foram as candidaturas apresentadas, englobando um total de oito empresas. De referir que a Creuers del Port de Barcelona é responsável pela gestão de terminais de cruzeiro em Barcelona, Málaga (Espanha) e Singapura; a GPH gere terminais de cruzeiro em Kusadasi, Bodrum e Antalya (Turquia) e a RCCL gere terminais de cruzeiro em Civitavecchia, Nápoles (Itália), Port Everglades, Fort Lauderdale e Cape Liberty (EUA), Costa Maya e Langosta (México), Roatan (Honduras), Belize (Belize) e Kusadasi (Turquia). O Porto de Lisboa informa que irá agora proceder-se ?à verificação da elegibilidade dos candidatos face aos requisitos do concurso? e que, ?numa segunda fase, as empresas que cumpram esses requisitos serão convidadas, no início do mês de Setembro, a apresentar as suas propostas, estando prevista a adjudicação até ao final do ano?. O novo terminal vai permitir dotar o porto com uma capacidade de crescimento até 1,8 milhões de passageiros, ao mesmo tempo que impulsionará o crescimento das operações de turnaround. A construção da nova Gare de Passageiros, que representa um investimento global de cerca de 22 milhões de euros, deverá começar no início de 2014, estando prevista a sua conclusão em 2015. M.F.