Croácia na União Europeia a 1 de Julho

Dia 1 de Julho é a data marcada para a adesão da Croácia à União Europeia. Uma data que, em matéria de turismo, será mais um ?pró form? uma vez que a Croácia de há muito que tinha, por exemplo, os mesmos procedimentos de entrada no país que os outros membros da U.E. Para os turistas europeus, nomeadamente portugueses, a entrada da Croácia na União Europeia não vai trazer grandes alterações até porque aquele país não vai aderir nesta data à Moeda Única, pelo que a moeda continuará a ser o Kuna (1 euro = 7,5 Kuna), embora, em alguns casos específicos, a indústria do turismo ofereça a possibilidade de transacções em moeda estrangeira. No entanto, a partir de 1 de Julho, entram em vigor na Croácia as regras que regem a coordenação dos sistemas de segurança social na UE, que inclui não só os Estados membros como também os países do EEE e da Suíça, pelo que todos passam a ter acesso a cuidados de saúde semelhantes durante a sua estadia na República da Croácia. O Cartão Europeu de Seguro de Doença (CESD) é o documento que comprova esse direito em estadias temporárias para negócios, estudo ou turismo, conforme a legislação do país onde foi emitido. Por outro lado mantém-se em vigor a legislação que determina que o bilhete de identidade ou o cartão de cidadão é documento suficiente para que os cidadãos portugueses ou de qualquer outro estado membro viajem até à Croácia. De referir que, de acordo com o Ministério do Turismo da Croácia, 90% dos turistas que o país recebe têm origem em países europeus. M.F.