CTP contra a Taxa Municipal de Ocupação Turística

Em comunicado enviado à imprensa, a Confederação do Turismo Português afirma que ?rejeita liminarmente a proposta da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP) de avançar com a cobrança de uma Taxa Municipal de Ocupação Turística sobre as receitas do Alojamento?, considerando-a ?uma séria ameaça ao Turismo Nacional?. A CTP considera ainda que, concretizar-se, esta taxa representaria uma ?ameaça forte à sustentabilidade e competitividade internacional do Turismo local e nacional? pois ?agravaria a situação financeira das empresas portuguesas que actuam nesta área, muitas delas já em sérias dificuldades económicas?. ?Qualquer aumento de custos reflectir-se-á nas margens dos empresários, que ou terão que optar por aumentar os preços ou suportar o novo encargo com consequências negativas evidentes para a sua competitividade?, afirma a CTP A propósito, Francisco Calheiros, presidente da CTP, sublinha que ?no quadro económico actual, não nos parece razoável ou sustentável para as empresas portuguesas a imposição de mais um custo desta natureza?. E acrescenta: ?Não existe margem para sobrecarregá-las com mais uma taxa?. M.F.