Cuba assegura recuperação total das instalações turísticas para início da época alta

O vice-ministro de Turismo de Cuba, Luis Miguel Díaz, assegurou que o destino vai iniciar a sua alta estação no próximo dia 15 de Novembro com as instalações e infra-estruturas turísticas totalmente recuperadas dos danos causados pelo furacão Irma que passou pela ilha entre os passados dias 8 e 11 de Setembro.

O governante cubano, que falava aos jornalistas em Madrid, avançou com alguns dados sobre o turismo do seu país, que nos primeiros nove meses do ano cresceu 23,4%, com 697 mil turistas estrangeiros mais do que no mesmo período de 2016.

De acordo com ministro, citado pela imprensa espanhola, “as perspectivas são muito boas e vamos ter uma estação alta muito boa, com melhor logística e melhor qualidade”, tendo reconhecido, no entanto que durante o mês de Setembro o destino registou uma quebra de 15% ao nível das chegadas de turistas, em comparação com o mês homólogo do ano anterior.

Luis Miguel Díaz lembrou que, apesar da intensidade do furação, não se registaram dados estruturais na maioria das unidades turísticas, por isso, a recuperação não levará muito tempo, tendo explicado que em Havana foram evacuados 18 hotéis próximos do litoral, que Varadero voltou à total normalidade cinco a seis dias depois da tempestade, à excepção de cinco unidades hoteleiras que sofreram dados mais consideráveis, e que a 1 de Novembro deverá abrir o aeroporto de Cayo Coco. Por outro lado, deu conta que nenhum projecto de investimento na ilha foi paralisado.