Cuba espera crescer mais de 100% no mercado português

Ontem, durante a apresentação do primeiro hotel do Grupo Pestana em Cuba, o Pestana Cayo Coco, Johana Ruth Tablada de la Torre, embaixadora daquele país em Portugal, deu a conhecer o crescimento da procura do destino Cuba por parte do mercado português, deixando ainda um desafio aos empresários portugueses para que invistam no país, dando como referência o Grupo Pestana. Desde o início deste ano, Cuba já recebeu cerca de 4.400 turistas portugueses, um número que reflecte um aumento de 160% face ao mesmo período do ano passado, sublinhou a embaixadora de Cuba. Estes números fazem com que Johana Tablada de la Torre se sinta muito esperançada na evolução do mercado português ao longo deste ano, até porque vão ser realizados, durante o período de Varão, dois charters à partida de Portugal para o destino. O ano passado, avançou a embaixadora, Cuba recebeu 9.446 turistas portugueses, um número conseguido sem que existissem ligações aéreas directas entre os dois países. Segundo a embaixadora, Portugal e Cuba têm vários aspectos que os unem, nomeadamente o facto de Cuba ser “o balcão do Caribe” e Portugal “a porta da Europa”, sendo que quando os portugueses olham para o mapa e vislumbram o Caribe, o primeiro país que encontram é Cuba, o que faz de Cuba “um destino natural para os portugueses”. Num momento em que Cuba está a fazer importantes mudanças económicas e olha para o investimento externo como uma “componente estratégica do desenvolvimento”, estando mesmo a oferecer incentivos a investidores internacionais, Johana Tablada de la Torre desafiou os empresários portugueses a investirem no país. J.L.E.