Cuba projecta novos campos de golfe

A empresa estatal Cubagolf aproveitou a recente flexibilização da legislação sobre investimento estrangeiro para alcançar um velho propósito de dotar a ilha de pelo menos mais cinco campos de golfe de nível internacional.

O único campo de golfe de 18 lugares que existe em Cuba localiza-se em Varadero e não cumpre as normas internacionais da modalidade.

Um dos projectos será levado a cabo pela empresa mista Carbonera, criada em 2014 com capital cubano e da companhia britânica Esencia Hotels & Resorts e começa a ser executado ainda este ano. O complexo, na periferia de Matanzas, incluirá mais de mil unidades imobiliárias, um hotel com mais de 100 quartos e um campo de golfe de 18 buracos.

Um segundo projecto ficará em Bellomonte, a 30 kms de Havana e será construído em parceria entre a Cubagolf e uma empresa chinesa. Para além do campo de golfe, projecta-se um hotel de luxo, apartamentos e casas de alto standard em 336 hectares.

Entre Havana e Mariel foi outro local escolhido para o desenvolvimento de mais um projecto imobiliário associado ao golfe. Para esse projecto, a Cubanagolf ainda não encontrou parceiro.

Numa área de 700 hectares, numa zona compreendida entre a pequena vila piscatória de La Fe e Punta Colorada, no extremo Ocidental da ilha está prevista a construção de um grande complexo residencial e hoteleiro vinculado ao golfe, que poderá transformar-se num dos maiores da sua categoria nas Caraíbas. E projecto é de uma empresa mista com investimento espanhol.

Finalmente, a empresa espanhola Urbas Grupo Financeiro entra no desenvolvimento de um grande projecto turístico e imobiliário em Cuba, que compreende a ocnstrução de hotéis de luxo e campos de golfe na cidade de Cienfuegos.