David Neeleman pede celeridade na abertura do novo aeroporto

Neeleman foi à Web Summit falar sobre “Low fares vs. low cost” e à margem da intervenção, acabaria por pedir ao governo para tomar uma decisão célebre sobre o novo aeroporto, justificando que a TAP está sem espaço para crescer na Portela.

O accionista da TAP afirmou estar frustrado com a demora na abertura de um novo aeroporto, principalmente porque o actual está a condicionar o crescimento da TAP. De acordo com a Agência Lusa, Neeleman lembrou, à margem da sua intervenção no Web Summit, que a abertura de um novo aeroporto fazia parte do contrato de privatização da ANA – Aeroportos de Portugal e sugeriu mesmo ao Governo que abrisse o Montijo e transferisse para lá as companhias low cost.

“Não podemos crescer se nos dizem que está limitado, temos de abrir outro aeroporto”, disse aos jornalistas, acrescentando que “o Montijo está lá, não podemos esperar três anos para que isso aconteça, as ‘low cost’ podem ir para lá e nós ficamos aqui (…) mas tem de acontecer mais rápido do que está a ser feito”, disse o responsável, citado pela Lusa.

Neeleman avançou também que é intenção da TAP abrir mais rotas para cidades secundárias nos Estados Unidos, Brasil e África, bem como voltar a voar para Toronto e Montreal, no Canadá.