Dormidas em Espanha aumentaram 8,6% em Novembro

São já sete meses consecutivos em que o número de dormidas na hotelaria espanhola aumenta em termos homólogos. Os estrangeiros foram os principais responsáveis pela subida, embora o turismo interno também tenha contribuído. De acordo com dados emanados do Instituto Nacional de Estatística de Espanha, as dormidas nos estabelecimentos hoteleiros do país aumentaram 8,6% em Novembro, em termos homólogos, com as dormidas dos não residentes a apresentarem uma subida de 12,7% enquanto as dos residentes cresceram 5,9%. A estada média subiu 1,5%, situando-se agora nas três noites. A taxa média de ocupação situou-se nos 44,4%, num aumento homólogo de 8,9%. No cumulado do ano, o número de dormidas na hotelaria espanhola apresentou uma variação homóloga positiva de 1,6%. Andaluzia, Comunidade de Madrid, Comunidade Valenciana e Catalunha foram os principais destinos dos residentes em Espanha, enquanto os estrangeiros preferiram Canárias, Catalunha e Andaluzia. No que se refere a mercados, Alemanha e Reino Unido concentram 23,7% e 22,0% das dormidas de não residentes, com subidas homólogas de 2,7% e 7,8% no acumulado do ano, respectivamente. M.F.