Douro promove-se nos EUA

O projecto “Douro e Estrela — In Tourism”, a Estrutura de Missão do Douro (EMD) e o Museu do Douro uniram-se para promover o território duriense nos EUA. Até 10 de Setembro, a missão “O Douro no mundo” vai passar pelas cidades Nova Iorque, Newark e Washington. Com o objectivo de atrair um dos principais mercados emissores de turistas para a região, o Douro está a promover-se nos EUA através de uma missão que tem já agendadas diversas reuniões, nas quais se pretende dar a conhecer as potencialidades do território e a oferta turística existente, nomeadamente através da oferta de pacotes turísticos já estruturados. “São conferências, mesas de negócios. É uma missão virada para duas áreas fundamentais como a visibilidade, notoriedade, e informação sobre a região”, explicou à Lusa Fernando Seara, director do Museu do Douro. De acordo com o responsável, os turistas norte-americanos são líderes em termos de visitas ao Museu do Douro e com grande distância para o segundo mercado, tratando-se de um mercado de grande importância, cujas visitas estão a ser potenciadas pelas parcerias estabelecidas ao nível dos operadores turísticos que promovem viagens no Douro. A missão conta também com a participação de várias empresas vinícolas da região do Douro, além de empresas especialistas noutros produtos regionais, como as compotas e os queijos, dando ainda a conhecer os vinhos da Beira Interior. Nesta iniciativa, o Museu do Douro vai partilhar o seu conhecimento sobre o território, a paisagem, o património, a cultura e a história da mais antiga região demarcada do mundo, levando ainda na bagagem a exposição itinerante “Douro Património Mundial”, que contempla duas dezenas de fotografias que revelam a paisagem vinhateira, enquanto a EMD vai apresentar o projecto desenvolvido em parceria com a National Geographic Society e que criou o mapa geográfico da Região Demarcada do Douro. Paralelamente, a região associa-se às festas da comunidade portuguesa em Newark com o objectivo de transformar os emigrantes em ?embaixadores? de Portugal. Impulsionado pela Associação Empresarial da Região da Guarda (NERGA) e AETUR, o projeto ‘Douro e Estrela — In Tourism’ vai aplicar 400 mil euros, até 2014, na promoção internacional dos dois territórios, alicerçada na vertente turística. I.M.