Eco Green Hotel: investimento inovador em Ponte de Lima

Gil Vale, sócio-gerente e fundador da NORMAT, vai investir cinco milhões de euros numa unidade hoteleira em Ponte de Lima, com 57 unidades de alojamento. O futuro Eco Green Hotel tem candidatura ao Portugal 2020 aprovada, com o início dos trabalhos de construção previsto para o próximo semestre de 2017.

O projecto foi apresentado em Abril, no evento que assinalou o 20º aniversário da NORMAT. Vai ter uma localização estratégica, próximo de um nó de ligação à A27, a menos de uma hora do aeroporto do Porto e de Vigo e a cerca de 30 minutos do Parque Litoral Norte de Viana do Castelo e do Parque Nacional da Peneda-Gerês. Pretende assumir-se como unidade de referência na perspectiva ambiental, onde o próprio hotel será um veículo condutor das boas práticas ambientais, num âmbito educativo e lúdico.

O empresário pretende dar resposta às lacunas existentes, assumindo como principais mercados França, Alemanha, Estados Unidos da América, Reino Unido, Holanda e Brasil, com base em produtos estratégicos para a região, como turismo-natureza, turismo activo, turismo cultural e gastronomia e vinhos. Para além da componente ambiental, prevê a construção de um museu que irá propor aos visitantes uma viagem ao centro da terra. A abertura do projecto está prevista para o próximo ano, num cronograma de 16 meses para a sua realização.

Gil Vale atesta que “pela excelência do valor ambiental da paisagem protegida das Lagos de Bertiandos e São Pedro d’Arcos, a localização deste hotel não poderia ser outra, sendo o ponto de partida para toda a dinâmica de investimento da nova infra-estrutura”. Continua ao explicar que pretende “promover o contacto com a comunidade local e o desenvolvimento económico-social e ambiental, com forte penetração do mercado estrangeiro, prevendo alcançar em 2020 cerca de 30% do volume de negócios provenientes de mercados externos e assegurando 22 postos de trabalho permanentes”.