Egipto: ocupação no Mar Vermelho caiu 50%

A ocupação média nas estâncias turísticas do Mar Vermelho caiu de 80% para 55% e em Sharm El-Sheik a queda foi ainda maior: -70% que em Agosto do ano passado, tendo caído de 90 para 18%. As perspectivas dos responsáveis egípcios que ainda em Julho consideravam que os acontecimentos no Cairo não teriam grande impacto no turismo, principalmente nas estâncias localizadas no Mar Vermelho, não se verificaram, como foi já admitido pela Associação Hoteleira Egípcia do Mar Vermelho. Citado pela Hosteltur online, o secretário daquela associação terá mesmo admitido que, em alguns hotéis da região, a ocupação terá caído para 15%. O mesmo responsável adiantou que apesar de os hoteleiros de Hurghada insistirem em que a ocupação se manteve estável ?os índices não superam, actualmente, os 35%?, sendo ?15% de estrangeiros e 20% de mercado interno egípcio?. M.F.