Eixo Atlântico aposta no turismo cultural

O Eixo Atlântico lidera um projecto europeu que visa uma análise pormenorizada da situação e das potencialidades do turismo cultural e de natureza nas regiões fronteiriças de oito países.

O programa denominado Epicah, que envolve Espanha, Portugal, Itália, Estónia, Grécia, República Checa, Hungria e Roménia, durará dois anos e busca financiamento junto da Comissão Europeia.

A análise partirá do estudo das citadas oito zonas piloto em toda a Europa, que integram territórios do Atlântico, Mediterrâneo, Báltico e Europa Central para analisar as diferentes problemáticas nas fronteiras europeias.

A partir da análise realizar-se-ão propostas que possam ser desenvolvidas em futuros programas de cooperação transfronteiriça integrando entre as suas prioridades a protecção e promoção do património cultural, histórico e da natureza através do turismo sustentável.

O programa prevê acções para alavancar o potencial do sector do turismo nos espaços naturais e para a protecção e a promoção da cultura e o património natural como activos económicos. Neste sentido, impulsiona-se actividades como a criação de redes, a gestão coordenada dos recursos, elaboração de estudos ou criação de marcas comuns para a promoção conjunta.

Outro dos objectivos do projecto é sensibilizar a Comissão Europeia para que impulsione um programa europeu de turismo e um programa europeu de protecção do património.