Elvas acolhe cimeira mundial sobre turismo militar em 2018

Nesta iniciativa mundial vão reunir-se investigadores, especialistas nesta área, empresários e associações de todo o mundo com vista ao desenvolvimento de soluções inovadoras para a fruição turística de espaços com características históricas e militares.

Ao longo desta cimeira, Elvas vai estar no centro das atenções mundiais, com impacto também no desenvolvimento económico através do desenvolvimento do turismo militar.

A apresentação da 1ª Cimeira Mundial de Turismo Militar, intitulada “Military Tourism World Summit 2018″, aconteceu esta sexta-feira, na Praça da República, em Elvas com a presença do secretário de Estado da Defesa Nacional, Marcos Perestrello.

Para o autarca de Elvas, Nuno Mocinha “no que diz respeito à importância no âmbito do turismo histórico-militar, tem uma posição de relevo, no plano nacional e no meio internacional”, que salientou os diversos investimentos feitos para atrair cada vez mais turistas e visitantes à cidade, sendo o mais recente a possibilidade dos autocarros poderem subir à Parada do Castelo e o Centro de Atendimento ao Turista.

Sobre a escolha de Elvas para esta cimeira inédita em Portugal, Marcos Perestrello afirmou que, “quando falamos de turismo militar, que cidade melhor para se pensar, na sua componente patrimonial, histórica, sentimental e emocional, que cidade melhor ligada à história de Portugal, à história militar de Portugal, do que esta cidade-quartel de Elvas, que durante tantos séculos protegeu o Alentejo e Portugal”.