Em causa a taxa turística: CTP reuniu com Assembleia Municipal de Aveiro

Ambas as entidades estão disponíveis no sentido de encontrar uma solução para o problema da taxa turística de Aveiro, em vigor desde 1 de Janeiro. A Confederação do Turismo Português esteve reunida na quarta-feira com a Assembleia Municipal de Aveiro que, segundo comunicado da CTP, “se mostrou disponível para tentar, no âmbito das suas competências, encontrar consenso para ultrapassar as divergências existentes entre os vários agentes económicos aveirenses e a Câmara Municipal no que respeita à taxa turística em vigor desde o dia 1 do corrente mês de Janeiro”. Também de acordo com o comunicado emitido ontem pela CTP, a reunião mantida com a Assembleia Municipal de Aveiro, abriu caminho para uma possível “renegociação” no sentido de ser procurada “uma solução consensual que possa afastar a aplicação da chamada taxa turística”. Como tem sido publicamente afirmado, a CTP é “totalmente contra” qualquer taxa “que penalize ainda mais o sector do turismo”, posição que esta entidade reiterou na reunião mantida com a Assembleia Municipal de Aveiro”. Contudo, explica o seu presidente, Francisco Calheiros, “percebendo as dificuldades financeiras da Câmara Municipal de Aveiro, disponibilizamo-nos a colaborar, com o auxílio das nossas associadas, na procura de alternativas credíveis de financiamento da autarquia”. Na reunião participaram o presidente da CTP, Francisco Calheiros; dois membros da Comissão Executiva, e representantes das suas associadas AHP, AHRESP e AHPORT e a Mesa da Assembleia Municipal de Aveiro. M.F.