Emirates apoia candidatura do Dubai à Expo 2020

A companhia aérea Emirates está a promover a candidatura do Dubai à World Expo 2020 através da colocação de decoração alusiva à candidatura nos aviões A380 da sua frota, informou a companhia. Em comunicado, a Emirates explica que “o primeiro voo a ser decorado com as palavras “Expo 2020, Dubai UAE, Cidade Candidata” foi o EK306, que partiu para Pequim nas primeiras horas da manhã de quinta-feira [fusion_builder_container hundred_percent=”yes” overflow=”visible”][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”][24 de Janeiro]”, devendo toda a frota de A380 da companhia passar a contar com a mesma mensagem nas próximas semanas. A companhia espera que a candidatura do Dubai seja a seleccionada para receber a exposição mundial, que se realiza a cada cinco anos e que atrai milhões de visitantes, tendo a última edição decorrido em Xangai. “Esta pode ser a primeira vez que o evento decorre no Médio Oriente, e tem a Emirates, um dos notórios casos de sucesso do Dubai, como parceiro Première”, acrescenta a companhia, considerando que “os aviões A380 da Emirates são certamente um poderoso símbolo de progresso e representam a rápida jornada económica e infra-estrutural que o Dubai tem vindo a realizar”. “A Emirates opera a maior frota de aviõesA380 do mundo,será uma poderosa ferramenta para levar mais além a candidatura do Dubai à World Expo 2020, dado o interesse global por estes magníficos aviões”, refere Tim Clark, presidente da Emirates Airline. O Dubai está a competir contra outras quatro cidades candidatas, incluindo Ayutthaya, na Tailândia, Ekaterinburg, na Rússia, Izmir, na Turquia, e São Paulo, no Brasil, sendo a candidatura vencedora anunciada em Novembro de 2013, na sequência da votação dos 161 países membros do Bureau International des Expositions (BIE), sediado em Paris. I.M.[/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]