Emprego na restauração e alojamento subiu 8% em 2016

Só no último trimestre do ano, os sectores da restauração e bebidas e do alojamento criaram +14,2% de empregos que no período homólogo de 2015, numa variação positiva que foi a maior dos últimos cinco anos.

Segundo dados divulgados esta quarta-feira pelo INE e comentados pela AHRESP – Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal, no final do último trimestre do ano passado estes sectores contabilizavam 286,6 mil postos de trabalho, +14,2% que no período homólogo do ano anterior (+35.700 postos de trabalho), num aumento que foi o maior registado nos últimos 5 anos.

A propósito a AHRESP comenta que estes dados “comprovam a eficácia da Reposição da Taxa do IVA nos serviços de alimentação e bebidas, em vigor desde 1 de Julho de 2016, pois registou-se no último trimestre do ano uma significativa dinâmica no mercado de trabalho, contrariando o habitual efeito da sazonalidade”.

No total do ano, estes sectores empregavam +8% de trabalhadores, num aumento de 20.600 postos de trabalho.

Estes resultados demonstram a correcção das medidas de política pública aplicadas ao sector, com destaque para a redução de carga fiscal (IVA) operada no 2.º semestre, bem como revelam a enorme vitalidade das nossas empresas em termos de investimento, inovação e criação de emprego, sustentando a contínua subida dos resultados do Turismo, que, estamos certos, voltarão a quebar recordes em 2017”, comenta a AHRESP.