Emprego qualificado em Portugal: Turismo lidera desequilíbrio de géneros

Os sectores do turismo e lazer lideram o desequilíbrio entre homens e mulheres no que toca a emprego qualificado em Portugal, de acordo com os dados de um inquérito realizado pela Hays, grupo mundial de recrutamento especializado, que diz que a maioria dos postos de trabalho qualificados no país ainda é ocupada por homens.

Em algumas áreas, esta discrepância é particularmente acentuada, como é o caso de tecnologias da informação onde apenas 13% dos profissionais qualificados são mulheres. Na área de engenharia (excluindo TI) esta percentagem é de 19%, e em turismo e lazer situa-se nos 32%.

De um total de 11 áreas analisadas, apenas duas se apresentam como maioritariamente femininas: tanto Recursos Humanos como Office Support / Customer Service apresentam uma percentagem de 74% de mulheres.

Estes dados fazem parte do Guia do Mercado Laboral 2017, uma análise detalhada das tendências do mercado de trabalho qualificado em Portugal que tem como base inquéritos efectuados junto de 2641 profissionais qualificados e 847 empregadores, além de milhares de entrevistas e reuniões realizadas pela Hays em todo o país.