Empresas de rent-a-car aumentam frota em Outubro

Em Outubro, o canal de rent-a-car foi responsável pela aquisição de 1.762 ligeiros de passageiros. No que respeita a veículos novos, o conjunto das empresas associadas da ARAC que se dedicam à actividade de aluguer de curta duração adquiriram um total de 2.100 veículos.

Este total de 2.100 veículos, que inclui ligeiros de passageiros, comerciais de passageiros, pesados de mercadorias, todo-o-terreno e motociclos, faz face aos 3.154 adquiridos em Outubro de 2016, num decréscimo de 33%. A redução deve-se a um diferente escalonamento mensal das aquisições de viaturas por parte das empresas de rent-a-car, com o sector a apresentar um acumulado de compras total com um crescimento de 24%, perfazendo um total de 51.549, das quais 47.893 ligeiras de passageiros e 3.656 ligeiras de mercadorias.

O crescimento das frotas de rent-a-car deve-se, sobretudo, ao actual sucesso do turismo em Portugal, tendo, no entanto, o sector registado nos últimos meses uma oferta superior à procura. Na composição das aquisições referidas prevalecem os segmentos A, B, C e D, embora se continue a assistir a um crescimento do segmento A, devido ao continuar do aumento da procura deste tipo de veículo pela clientela turística.

A ARAC, que representa cerca de 96% das empresas de aluguer de curta duração a operar em Portugal, prevê que iremos assistir em breve à introdução nas frotas de veículos eléctricos, aumento do número de veículos adaptados à condução por pessoas com dificuldades físicas, veículos com características especiais, bicicletas a pedal, bicicletas eléctricas e segway.