Empresas de rent-a-car continuam a investir mais na compra de viaturas

Em Novembro, as empresas de rent-a-car associadas da ARAC, adquiriram mais 36% de veículos novos que no mesmo mês de 2016. No acumulado do ano, o aumento é de 28%.

De acordo com dados divulgados esta quarta-feira pela ARAC, as empresas de rent-a-car adquiriram, em Novembro, 2.149 novos veículos ligeiros de passageiros ou 2.488 contando com ligeiros de mercadorias. No total, o crescimento é de 36% em termos homólogos, quando o mercado apresentou, na globalidade, um crescimento de 8,2%.

O bom momento turístico que Portugal atravessa está na base da dinâmica vivida este ano pelo rent-a-car. “O crescimento das frotas das empresas de rent-a-car (produto integrante de qualquer pacote turístico) deve-se sobretudo ao actual sucesso do Turismo em Portugal”, justifica a ARAC, que, no entanto, alerta para o facto de “o sector ter registado nos últimos meses uma oferta superior à procura”.

A associação representativa das empresas de aluguer de automóveis, avança ainda que, “brevemente” irá assistir-se à introdução de veículos eléctricos nas frotas de rent-a-car bem como ao “aumento do número de veículos adaptados à condução por pessoas com dificuldades físicas” entre outros veículos de características especiais (veículos adaptados ao transporte de pessoas com deficiência física e limousines) e ainda bicicletas a pedal, bicicletas eléctricas e “segway”.