Epic Sana Lisboa espera 40% de ocupação no primeiro ano

A Sana Hotels apresentou ontem o Epic Sana Lisboa, o primeiro hotel sob o conceito de luxo Epic a abrir em território nacional e para o qual o grupo hoteleiro português espera uma taxa média de ocupação de 40% no primeiro ano de operação. “É um orgulho e satisfação abrir mais um hotel com estas características e qualidade”, afirmou Carlos Silva Neves, administrador da cadeia Sana Hotels, durante a apresentação da nova unidade à comunicação social, revelando que o projecto resulta de um investimento de 70 milhões de euros e que espera “uma taxa de ocupação na ordem dos 40% no primeiro ano”. Com um total de 311 quartos, incluindo 15 suites, uma das quais presidencial, o Epic Sana Lisboa foi inaugurado na passada quinta-feira, 7 de Março, e está já a funcionar em pleno, oferecendo um serviço de excelência e infra-estruturas que se distinguem pelas áreas generosas e por uma decoração moderna. “Estamos a contribuir para que o nosso país se posicione como um dos destinos mundiais com bons projectos e qualidade na hotelaria”, acrescentou Carlos Silva Neves, sublinhando que é pela qualidade que a cadeia se quer afirmar a nível nacional e internacional, e não pelo número de hotéis que opera. A qualidade das infra-estruturas e de serviço são características que definem o conceito Epic, um conceito de cinco estrelas que a Sana Hotels lançou Angola, com o Epic Sana Luanda, e que chega agora a Portugal, num hotel que pretende ser “único” e diferenciador, como explicou Carlos Silva Neves. E qualidade é algo que não falta no novo Epic Sana Lisboa, um hotel cujo projecto de arquitectura se caracteriza pela transparência e luminosidade, da responsabilidade do arquitecto Nuno Leónidas, enquanto a decoração de interiores ficou a cargo de Teresa Leónidas, que partiu da árvore como elemento inspirador para a decoração do hotel. Além dos 311 quartos, o Epic Sana Lisboa conta também com “a maior área para congressos existente num hotel em Lisboa”, como destacou o director da unidade, Filipe Silva, num total de 1.700 metros quadrados e 13 salas, uma aposta que está directamente relacionada com os principais segmentos que o Epic Sana Lisboa pretende atrair, o MICE e o Corporate. Mas, porque este é um hotel que conta com uma excelente localização também para o lazer, uma vez que está situado nas Amoreiras, o Epic Sana Lisboa conta ainda com um Spa e welness center com uma área de 1.700 metros quadrados e muita luz natural, incluindo uma grande piscina interior, banho turco, sauna, zona de gelo, cabine H2O, zona de relaxamento, duches sensoriais e sete gabinetes para tratamentos. Em breve, o hotel vai contar também com cabeleireiro e nail Spa. Depois, o Epic Sana Lisboa conta também com lobby bar, dois restaurantes, o Flor de Lis e o Switch, de fusão entre a comida asiática e portuguesa e que tem abertura prevista para o final do ano, além de bar no terraço e “infinity pool” na cobertura, bem como parque de estacionamento com 211 lugares. I.M.

(Visited 10 times, 1 visits today)