Estabelecimentos hoteleiros crescem 6,2% em Cabo Verde em 2012

No ano passado, o número de estabelecimentos hoteleiros em actividade no arquipélago de Cabo Verde aumentou 6,2%, para um total de 207 unidades, de acordo com o inventário anual realizado pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) cabo-verdiano. No total, os estabelecimentos de alojamento cabo-verdianos contam com 8522 quartos, 14.999 camas e 18.194 lugares, subidas de 7,9%, 6,6% e 6,9%, respectivamente, em relação a 2011. Segundo o INE de Cabo Verde, o maior aumento concentrou-se nas ilhas de Santo Antão, Sal e Santiago, todas com três novos hotéis, enquanto a ilha da Brava ganhou dois empreendimentos e São Vicente e Boavista viram abrir um novo hotel. Apesar das aberturas noutras ilhas, o Sal continua a ser a ilha que concentra a maior oferta hoteleira, representando 40,4% da capacidade total de quartos do arquipélago, seguindo-se a Boavista, com 30,4% do total, e Santiago, com 11,8%, correspondendo a maioria das unidades a hotéis, representando 70,5% dos quartos, seguindo-se os aldeamentos turísticos, com 9,4%. Em termos de camas, a predominância do Sal mantém-se, contando com 46,1% do total do arquipélago, seguindo-se a Boavista, com 29,2%, Santiago, com 10,1%, e São Vicente, que detém 6,7% da capacidade, distribuindo-se os restantes 7,9% pelas outras ilhas cabo-verdianas. A distribuição por tipo de estabelecimento revelou que os hotéis representam mais do que a metade da capacidade de camas disponível, num total de 74,2%, seguindo-se os aldeamentos turísticos, com 8,8%, pensões, com 7,1%, e residenciais, que contam com 6,4% do total. I.M.

(Visited 4 times, 1 visits today)