Ethiopian Airlines vai voar directo para Lisboa a partir de 28 de Outubro

A Ethiopian Airlines vai começar a operar em voos directos entre Adis Abeba e Lisboa no próximo dia 28 de Outubro com quatro ligações semanais, às segundas-feiras, quartas, sextas e domingos, soube o turisver.com de fontes ligadas ao aeroporto Humberto Delgado. Esta operação, para já sazonal, decorrerá até ao próximo dia 29 de Março de 2019.

Para esta operação de passageiros e carga, cujos slots já foram oficialmente aprovados pelo Aeroporto de Lisboa, a companhia aérea vai utilizar o aparelho B787 com capacidade para 270 lugares nas classes executiva e económica.

Apesar de ser uma operação triangular uma vez que o voo, depois de Lisboa segue para Madrid, para os passageiros portugueses será sempre directo, porque no regresso da capital espanhola, o avião volta a aterrar em Lisboa antes de seguir para Adis Abeba.

Os voos chegam a Lisboa às 04h40 e saem para Adis Abeba às 20h30 (horas locais).

De acordo com a nossa fonte esta operação é uma mais-valia para o mercado português, uma vez que permite aos passageiros ligações para bários destinos de África, Médio Oriente e Ásia, via capital etíope.

Entretanto, a transportadora aérea africana passou a oferecer, desde o dia 01 de Agosto, pacotes de stopover, sem nenhuma tarifa adicional, com o objectivo de promover o turismo na Etiópia. Assim, os passageiros em conexão na capital etíope para destinos operados pela Ethiopian Airlines, podem aproveitar as ofertas da Ethiopian Holidays, operador turístico da companhia aérea, permitindo que possam aproveitar as atracções turísticas da cidade.

Os pacotes, disponíveis no site da companhia aérea ou da Ethiopian Holidays, propõem desde passeios turísticos em Adis Abeba, a visitas aos obeliscos pré-cristãos de Axum, s igrejas medievais de Lalibela, mesquitas do século IX de Harar, aos castelos de Gondar, fonte do Nilo Azul, Montanhas Simien, os resorts ao lado do lago de Hawassa e Arba Minch, ou às fazendas de café exclusivas de Kaffa, local de nascimento do café da Etiópia, e muito mais.

“A Ethiopian Airlines está a trabalhar com todas as partes interessadas na cadeia de turismo para tornar a Etiópia um destino turístico de escolha. Com os pacotes de escala, pretendemos atrair uma parte significativa dos nossos clientes de trânsito em Addis como turistas e aumentar consideravelmente o fluxo de turismo para o país”, afirmou o CEO da Ethiopian Airlines, Tewolde Gebremariam.

Enquanto companhia de bandeira da Etiópia, a Ethiopian Airlines tornou-se a companhia líder em África, sendo actualmente a transportadora aérea africana com maior eficiência e sucesso operacional, registando lucros em quase todos os anos da sua existência.

Membro da Star Alliance desde Dezembro de 2011, e parceira em code-share com a TAP desde 2015, a Ethiopian Airlines foi fundada a 21 de Dezembro de 1945. Uma das pioneiras em África, opera uma frota de longo curso moderna e amiga do ambiente ao utilizar Airbus 350 e Boeing 787 Dreamliner e 777, adaptados às mais exigentes necessidades dos passageiros europeus, num total de mais de 100 aviões com idade média inferior a cinco anos. A sua rede abrange a Europa, América do Norte, América do Sul, África, Médio Oriente e Ásia, ligando as cidades em todo o globo. A companhia está actualmente a implementar o seu plano estratégico designado por “Vision 2025”, cujo objectivo consiste em tornar-se o grupo mais competitivo no sector da aviação em África.

No passado mês de Julho, a companhia aérea recebeu o primeiro dos 30 B737 Max, o mais recente da série de aeronaves de corredor único da Boeing, com vista a uma melhoria de eficiência e redução das emissões de carbono.

.