Eurocidade Ayamonte – Vila Real de Sto. António: juntas podem ampliar proveitos turísticos

As cidades fronteiriças de Ayamonte e Vila Real de Santo reuniram-se no passado fim-de-semana com hoteleiros, profissionais e associações comerciais de ambos os países para recolher sugestões e avaliar o potencial turístico desta recém-criada Eurocidade. Da jornada de trabalho se conclui que “em conjunto, as duas cidades têm maior capacidade para se afirmarem quer no contexto do Algarve, quer no contexto da Andaluzia, captando mais visitantes e ampliando os proveitos turísticos”, explica uma nota informativa do município algarvio. O comunicado explica ainda que, tendo em conta as estatísticas oficiais de cada um dos países e a capacidade de alojamento nas duas cidades fronteiriças, estima-se que, em conjunto, a Eurocidade represente perto de 11% da capacidade de alojamento do Algarve e cerca de um quarto da capacidade de alojamento da região de Huelva. Por outro lado, duas localidades no seu conjunto oferecem 6 campos de golfe de 18 buracos, assim como 3 portos desportivos que, na totalidade, oferecem mais de 900 lugares de amarração. Para o presidente da Câmara Municipal de Vila Real de Santo António, Luís Gomes, “Portugal e Espanha vivem uma realidade semelhante em termos turísticos, nomeadamente no que se refere aos desafios e dificuldades, pelo que a definição de estratégias comuns trará proveitos igualmente comuns para os agentes económicos”. Daí que se afirme confiante em que a cooperação turística seja “uma área com potencial no contexto da Eurocidade, até porque não estamos a impor nenhum modelo à partida, mas antes a construir caminho ao lado dos profissionais do sector”, concluiu. M.F.