Europa aprova proposta de compra da Laudamotion pela Ryanair

A Comissão Europeia aprovou a proposta de aquisição de 75% da LaudaMotion por parte da Ryanair, que detinha já 24,90% da companhia aérea austríaca.

A Ryanair iniciou uma parceria com Niki Lauda no sentido de oferecer concorrência, tarifas baixas e mais opções de escolha para os consumidores na Áustria, Alemanha e Espanha, países onde a Laudamotion oferece mais serviços. Em comunicado, a Ryanair informa que a companhia aérea austríaca se encontra sob ameaça por parte da Lufthansa que tenta retirar os nove aviões que teve de ceder à Laudamotion pela Comissão Europeia para lhe permitir reiniciar os seus serviços.

Juliusz Komorek, chief Legal & Regulatory Officer da Ryanair, declara que “através deste investimento na Laudamotion, a Ryanair reforça o seu compromisso em contribuir para o aumento da concorrência e opções de escolha”, para acrescentar que “apelamos às autoridades de concorrência da UE que tomem medidas no sentido de prevenir tentativas adicionais da Lufthansa de prejudicar a livre concorrência através dos seus comportamento anti consumidor”.