Fátima e Guarda recebem VI Workshops Internacionais de Turismo Religioso

Na sua sexta edição, os Workshops Internacionais de Turismo Religioso vão este ano ter lugar pela primeira vez, em duas cidades, com a Guarda a juntar-se a Fátima. Os eventos, onde são esperados cerca de 700 participantes, decorrem entre 22 a 24 de Fevereiro, no Centro Pastoral de Paulo VI (Fátima) e no Teatro Municipal da Guarda.

Duas cidades, dois temas. Vão ser assim este ano os Workshops Internacionais de Turismo Religioso, como habitualmente organizados pela ACISO – Associação Empresarial Ourém-Fátima. Com o tradicional Seminário a ter como tema base “Globalização e Turismo Religioso”, em Fátima vai estar em debate o Turismo Católico, enquanto na Guarda se debaterá o Turismo de Herança Judaica.

Segundo a organização, são esperados cerca de 700 participantes, entre os quais 150 hosted buyers, 150 suppliers e 40 expositores, todos especialistas em touring e turismo religioso. Trata-se do maior encontro mundial de profissionais deste segmento, que conta com a participação de operadores turísticos nacionais e estrageiros, oriundos de mercados de turismo religioso consolidados e emergentes. São ainda esperados hoteleiros e agentes de viagens, empresários com interesse ou relacionados com o de turismo, líderes de opinião e profissionais do trade. A organização adianta ainda que é esperada a realização de “quase 5.000 reuniões pré-agendas entre buyers e suppliers”.

Bolsa de contactos e seminário, em Fátima, com foco no tema “Globalização e Turismo Religioso”, segmento específico de Turismo de Herança Judaica, na Guarda e ainda pós-tours apoiados pelas diversas Agências Regionais de Promoção Turística, tanto a partir da Guarda como de Fátima, compõem este ano o programa dos VI Workshops de Turismo Religioso.

Organizados pela ACISO – Associação Empresarial Ourém-Fátima, em colaboração com a Câmara Municipal de Ourém, a iniciativa tem o apoio do Santuário de Fátima, do Turismo do Centro de Portugal e do Turismo de Portugal. Este ano a Câmara Municipal da Guarda junta-se à Rede de Judiarias para apoiar o segmento específico de Herança Judaica.