FIA Lisboa ultrapassou 110 mil visitantes

A 27ª edição da FIA Lisboa, que decorreu na FIL, encerrou no domingo, com um total de 111.840 mil entradas registadas, um crescimento de 12% relativamente à edição de 2013. O evento durou nove dias e deu destaque à Semana da Gastronomia Tradicional – 1.o Festival de Carnes Certificadas, sendo que se reuniram cinco restaurantes no Pavilhão 3 da FIL, oriundos das cinco regiões das carnes de raças certificadas: maronesa, barrosã, minhota, arouquesa e marinhoa. Já no Pavilhão 2, concentrou-se a oferta de artesanato oriundo de cerca de 40 países. Por sua vez, no Pavilhão 1, perante o desafio de levarem a concurso as suas melhores peças artesanais, destacaram-se os artesãos Jorge da Conceição, com a peça ‘Fado’, e as Capuchinhas, com o ‘Casaco de tecelagem de lã’. Os Pavilhões 1, 2 e 3 contaram com a participação de mais de 600 expositores. Destaque ainda para a Argélia, país convidado desta 27.ª edição, e para a sua ministra do Turismo e Artesanato, Nouria Yamina Zerhouni, que, no dia da inauguração, acompanhou o secretário de Estado do Emprego, Octávio Oliveira, na visita oficial e aproveitou essa ocasião para convidar Portugal a estar presente no Salão Internacional de Artesanato da Argélia. Miguel Comporta, director de Área de Feiras da FIL e responsável pela organização da FIA Lisboa, destacou que “o facto de termos atingido o número recorde de cerca de 112 mil visitantes nesta edição só evidencia que a FIA Lisboa, passados 27 anos, continua a ser uma feira actual e um evento que mobiliza as famílias mas também os expositores, que ano após ano acreditam neste conceito para promover as suas artes, ofícios e saberes, capitalizando os recursos etnográficos em prol das economias locais e tradição de cada região”. T.S.

(Visited 1 times, 1 visits today)