Formação vai ser a grande aposta da Bestravel em 2018

O 2018 vai ser de grandes desafios para o sector das agências de viagens, por isso o administrador da Bestravel, Carlos Neves, não avança com previsões, preferindo dizer que será o ano de grande aposta na formação da rede, tema aliás da sua 14ª Convenção Anual, que decorreu este fim-de-semana em Ponta Delgada (Açores).

Em declarações aos jornalistas, Carlos Neves afirmou que “para além das questões que nos são impostas pelas circunstâncias, relativamente ao novo quadro regulatório que vamos ter para a actividade e que nos deixa extremamente preocupados, e estamos a falar da nova directiva para as viagens organizadas, a aposta da rede para 2018 é claramente a formação”

De acordo com o administrador da Bestravel, “somos uma rede dispersa geograficamente, temos um centro de formação em Lisboa, que inaugurámos em 2017, mas até final do primeiro trimestre, vamos ter outro no Porto e, em simultâneo, vamos certificar a Bestravel como entidade formadora junto da Direcção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho”.

Simultaneamente a plataforma de e-learning da rede será certificada. Neste sentido, “estamos a trabalhar com um parceiro muito credível nesta área”, até porque “a formação para nós é um factor e vamos continuar a formar a rede com novos canais, valorizar os nossos recursos humanos, para depois saber crescer. Nos últimos cinco anos a produção média por agência cresceu mais de 50%, o que significa que não precisamos de crescer em número de unidades, mas que as unidades cresçam”, referiu Carlos Neves, adiantando que “à saída do Verão teremos as plataformas certificadas”.

A Bestravel pretende assim, com a contribuição de parceiros comerciais, formar toda a rede nas mais diversas áreas operacionais, quer ao nível de operadores, de destinos nacionais e estrangeiros, sistemas de gestão, aéreo, até questões mais abrangentes que não têm a ver especificamente com a área turística, como é o atendimento.