Fórum Turismo 2.1 segue investigação realizada pela autoridade da concorrência do Reino Unido

O Fórum Turismo 2.1 informou que está a ?seguir com atenção? a investigação sobre descontos e reservas de hotéis na Internet que está a ser realizada, desde há três anos, pela autoridade da concorrência do Reino Unido. Em causa estão os compromissos que a Booking, a Expedia e a InterContinental Hotels Group estão dispostas a fazer no sentido de reorganizarem o seu comportamento comercial, com as restrições impostas aos descontos a poderem impedir novas agências de viagens online (OTAs) de entrarem no mercado. Segundo informa o Fórum Turismo 2.1, ?decorre até 13 de Setembro a consulta pública sobre os compromissos que Booking, Expedia e InterContinental Hotels Group estão dispostos para reorientarem o seu comportamento após uma investigação de cerca de três anos realizada pela autoridade da concorrência do Reino Unido (Office of Fair Trading)?. Ainda de acordo com a mesma fonte, as grandes preocupações expressas pela autoridade da concorrência do Reino Unido têm a ver com ?restrições aos descontos a online travel agents (OTAs) nos preços dos quartos de hotéi? que ? limitam a concorrência ao nível das próprias tarifas? podendo igualmente ? impedir novas OTAs de entrarem no mercado ou de atingirem uma escala adequada?. ?Está em causa fundamentalmente o art.º 101º do Tratado de Funcionamento da União Europeia que considera incompatíveis com o mercado interno e proibidos todos os acordos entre empresas bem como quaisquer práticas concertadas que sejam susceptíveis de afectar o comércio entre os Estados-Membros e que tenham por objectivo ou efeito impedir, restringir ou falsear a concorrência no mercado interno?, explica o comunicado do Fórum Turismo 2.1?. M.F.