França mantém objectivo de 100 milhões de turistas para 2020

Apesar da queda no número de turistas em 2016, a França continua a ser o primeiro destino turístico mundial e o governo mantém o objectivo de atingir os 100 milhões de turistas em 2020.

O impacto dos atentados terroristas provocou uma baixa no número de turistas que demandou o território francês em 2016, Dos 85 milhões de turistas registados em 2015, o ano passado França ter-se-á ficado pelos 82,5 a 83 milhões. “Um ano à parte” foi como classificou o ano turístico de 2016 o ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Jean-Marc Ayrault, citado pela France Presse.

O governante que falava no final da semana passada, numa conferência em Biarritz, sublinhou que apesar da quebra no número de visitantes “França mantém-se ainda como primeiro destino a nível mundial”.

Felicitando as entidades públicas e privadas por terem posto em marcha um plano extraordinário de promoção externa dotado de 10 milhões de euros que, segundo afirmou, “teve um impacto real”, o governante alertou no entanto para o muito que há ainda a fazer. Principalmente tendo em conta que o objectivo traçado pelo governo de atingir 100 milhões de turistas em 2020 continua de pé.