Funchal e Portimão já estão ligadas por ferry semanal

Para os presidentes da Região de Turismo do Algarve (RTA) e da Câmara Municipal de Portimão a ligação marítima entre o Funchal e Portimão, cuja viagem inaugural aconteceu esta segunda-feira é mais uma porta de entrada de “extrema importância” para o turismo da região.

A ligação de ferry entre o Funchal e Portimão foi retomada, esta segunda-feira, seis anos depois de ter sido suspensa, com o transporte de mais de 300 passageiros e cerca de uma centena de viaturas entre os dois destinos.

Em declarações à Lusa, Desidério Silva, presidente da RTA, referiu que esta ligação “não sendo um transporte que vá fazer a diferença, é importante e deve ser valorizada pelo papel que tem na ligação entre os povos e no intercâmbio do turismo entre as duas regiões de Portugal”, para acrescentar que “é uma iniciativa muito positiva que deve ser acarinhada e valorizada, sendo um contributo muito importante para o aumento da nossa oferta turística”, sublinhou.

Já a presidente da Câmara Municipal de Portimão, Isilda Gomes, destacou a importância da ligação e dos “benefícios daí decorrentes”, quer para o Algarve, quer para o arquipélago da Madeira. “É uma outra forma de transporte e até de fazer um ‘mini-cruzeiro’, facilitando também o transporte para quem queira visitar as duas regiões fazendo-se acompanhar dos seus próprios automóveis”.

A ligação marítima entre as duas regiões é explorada pela Empresa Madeirense de Navegação e assegurada pelo ferryboat ‘Volcán de Tijarafe’, fretado ao armador espanhol Naviera Armas, sediado nas Ilhas Canárias. A empresa tem programadas 12 viagens entre os dois destinos com frequências semanais, a última das quais marcada para o dia 20 de Setembro.