Fundo de Captação de Eventos Corporativos e Congressos apoia 97 iniciativas este ano

O Fundo de Captação de Eventos Corporativos e Congressos Internacionais do Turismo de Portugal já tem em agenda para este ano o apoio a cerca de 97 eventos e congressos internacionais, número que acredita ainda vá subir dado o volume de candidaturas já submetidas, contra 61 que tiveram comparticipação financeira em 2017.

Para a secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho, estes números “demonstram a cada vez maior atractividade de Portugal como destino de congressos e eventos, produto que permite alargar a procura ao longo de todo o ano e de todo o território”.

Do total destes eventos e congressos internacionais já programados para este ano, 11 serão realizados nas zonas atingidas pelos incêndios do ano passado.

Refira-se que Portugal mantém a sétima posição no ranking europeu dos países que mais recebe e organiza congressos e convenções, de acordo com o relatório da Associação Internacional de Congressos e Incentivos (ICCA), relativo a 2017. No ranking mundial, Portugal ocupa a 11ª posição.

Nas cidades, destaque para Cascais que subiu 12 lugares no ranking europeu e 26 posições no ranking mundial, ocupando agora as posições 60 e 108 respectivamente. Já Lisboa continua no top ten europeu e mundial e manteve o oitavo lugar na tabela europeia e o nono na classificação mundial. O Porto ocupa a posição 22 na classificação europeia e 34 na tabela mundial.