Furacão Irma: Sonhando tranquiliza clientes em Cuba

A Sonhando informou esta quarta-feira ao mercado que, em coordenação com as autoridades cubanas, companhias de aviação e seguradoras, garante a máxima segurança a todos os seus passageiros que se encontram em Cuba, devido ao furacão Irma que deverá assolar a ilha este fim-de-semana.

Por outro lado, o operador turístico indica que os seus representantes locais estão em permanente contacto, para dar as informações sobre os procedimentos a efectuar, para adiantar, no entanto que “ não se responsabiliza por qualquer iniciativa particular dos passageiros, não assumindo qualquer despesa ou efeito daí decorrente”.

O Centro de Furacões dos Estados Unidos anunciou esta quarta-feira que a tempestade, que está a assolar as Caraíbas, deverá atingir o Haiti, Cuba e a Florida, já no fim-de-semana.

Barbuda, nas Antíguas, foi a primeira ilha a ser atingida pela maior tempestade jamais gerada no Atlântico, que deverá ter efeitos “catastróficos” e provocar uma subida das águas até três metros, com ventos a chegarem quase aos 300 quilómetros por hora. O Centro de Furacões dos Estados Unidos (NHC, sigla em inglês) mantém o Irma em categoria 5, o nível mais elevado de classificação de furacões, sendo já considerado mais perigoso do que o Harvey, que devastou recentemente Houston, a capital do estado norte-americano do Texas, pelo que várias ilhas já estão a ser evacuadas, tais como as do Sul do arquipélago das Bahamas, e as regiões de Punta Cana, Puerto Plata e Samaná, na República Dominicana.