Glamour no baptismo do MSC Seaview em Génova

O MSC Seaview foi baptizado este sábado no porto de Génova (Itália) em verdadeiro estilo. A madrinha do mais novo navio da MSC Cruzeiros voltou a ser a diva do cinema italiano, Sophia Loren.

  

  

Trata-se do 15ª navio da companhia de cruzeiros, o segundo da classe Seaside e o terceiro a ser inaugurado em apenas 12 meses no quadro de um plano de investimento sem precedentes da MSC Cruzeiros, que ronda os 10.5 mil milhões de euros. Segundo PierFrancesco Vago, presidente executivo da companhia, serão 12 novos navios até 2026, sendo que dois começaram a navegar em 2017, o MSC Seaview acaba de se estrear, em 2019 entrarão mais dois na frota – o Belissima e o Grandiosa -, e a partir daí, todos os anos e até 2026, a MSC Cruzeiros colocará um navio nos mares. A classe World começa a fazer parte da frota a partir de 2022.

“É um navio desenhado para o Mediterrâneo de modo a criar uma ligação muito especial entre os hóspedes e o mar. É o símbolo da tropicalidade europeia”. Foi assim que PierFrancesco Vago caracterizou a nova menina bonita da MSC Cruzeiros, que no seu baptismo contou com a presença de um conjunto de estrelas, VIP’s, parceiros do turismo e imprensa internacional, bem como da gestão de topo da MSC Cruises e da sua companhia mãe, o MSC Group.Gianluigi Aponte, fundador e presidente executivo do MSC Group.

A cerimónia de baptismo foi apresentada pela estrela de nacionalidade suíça da TV italiana Michelle Hunziker, que contou animada colaboração da também estrela de TV Lorella Cuccarini. Os momentos musicais estiveram a cargo do ‘pai dos Blues Italianos ’Zucchero Fornaciari, do coro infantil italiano Piccolo Coro Dell’ Antoniano, que se apresentaram como os embaixadores da UNICEF, de modo a reconhecer a importante parceria que a MSC Cruises tem com este organismo das Nações Unidas e cujo objectivo e melhorar a vida das crianças e das suas famílias nos países em desenvolvimento e afectados por crises, bem como de Matteo Bocelli, filho de Andrea Bocelli, seguindo-se a tradicional Parada dos Oficiais.

A glamurosa cerimónia de inauguração terminou com a madrinha Sophia Lorena a cortar a fita e lançar a garrafa de champanhe contra o casco do navio. Com todos os convidados novamente embarcados, o fogo-de-artifício encheu os céus do porto de Génova.

Caracterizado como um navio de cruzeiro inovador, a visão era criar algo verdadeiramente único que permitisse aos hóspedes apreciar a beleza do mar Mediterrâneo. O design do navio é baseado num conceito moderno de condomínio de praia com recursos inovadores para os viajantes desfrutarem ainda mais e melhor do alto mar e do sol.

A maioria dos navios de cruzeiro são criados para oferecer entretenimento, gastronomia e outras experiências dentro do navio, enquanto o MSC Seaview foi projectado para levar os hóspedes para o exterior do navio para os decks e promenades ao ar livre. Com a maior proporção de espaços ao ar livre do que qualquer navio da MSC Cruzeiros, todos os elementos permitem que se aproveite o exterior em todos os aspectos da vida a bordo, desde cabanas e suítes com espaços ao ar livre como terraços e varandas, com a possibilidade de desfrutar de refeições ao estilo Mediterrâneo “al fresco” ou até de actividades de fitness.

O MSC Seaview iniciou a sua viagem inaugural em Génova no dia 10 de Junho, disponibilizando seis portos de embarque no Mediterrâneo Ocidental: Génova, Marselha e Barcelona, bem como muitos outros procurados destinos no Mediterrâneo incluindo Nápoles, Messina, na Sicilia e Valetta em Malta. E porque é um navio que segue o sol, e porque no Inverno o sol não brilha tanto no Mediterrâneo, o MSC Seaview monta casa em Santos, no Brasil, na temporada de Inverno 2018/2019.

O presidente executivo da companhia realçou, durante a Conferência de Imprensa que decorreu a bordo do novo navio que “o Mediterrâneo é o nosso DNA”, por isso a MSC Cruzeiros vai ter este Verão nesta região 8 navios com mais de 200 itinerários e em 12 portos de embarque, sendo que no Inverno 2018/2019, o Meraviglia voltará a posicionar-se no Mediterrâneo. Já no Norte da Europa, a companhia contará com quatro navios para 36 diferentes itinerários.