Governo anuncia criação de centro de inovação no Turismo para apoiar o empreendedorismo

O programa Startup Portugal vai ter 19 novas medidas para promover o empreendedorismo, entre as quais a abertura de um centro de inovação no Turismo e a linha ADN Start Up, que visam sectores como o Turismo, Comércio e Restauração.

O anúncio foi feito esta segunda-feira na apresentação, pelo ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, das novas medidas do programa Startup Portugal para promover o empreendedorismo, que contou com a presença do Primeiro-Ministro, António Costa.

Entre as novas medidas de apoio ao empreendedorismo está também a abertura de um centro de inovação no Turismo com uma ‘digital academy’ (academia digital) e uma incubadora especializada no sector.

“Terá como missão promover a inovação no sector do Turismo, apoiando o desenvolvimento de novas ideias de negócio, o desenvolvimento e experimentação de projectos e a capacitação das empresas no domínio da inovação e da economia digital”, segundo o ministro da Economia, citado pela Lusa.

No centro de inovação será criada a Digital Tourism Academy — um programa de capacitação das empresas para o digital – e uma incubadora de empresas especializadas no desenvolvimento de soluções inovadoras para o Turismo.

Além disso, será criado o Startup Center, uma plataforma digital de mapeamento das ‘startups’ e das incubadoras nacionais, que vai incluir informação centralizada sobre todo o tipo de apoios disponíveis para o ecossistema, como também o ‘pitch voucher’, uma senha de acesso atribuída às ‘startups’.

A Estratégia Nacional para o Empreendedorismo – Startup Portugal foi lançada em 2016 como uma das prioridades do Governo para fomentar a competitividade da economia, criação de emprego e atracção de investimento.

O primeiro-ministro, António Costa, também citado pela Lusa, defendeu, na ocasião, que a inovação tem de ser vista como um motor de desenvolvimento e uma política prioritária transversal a todas as áreas do Governo.