Governo não descarta venda da TAP a Efromovich

O secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, diz que o Governo não descarta a hipótese de vender a TAP ao empresário colombo-brasileiro German Efromovich, que em Dezembro do ano passado viu a sua proposta para aquisição da companhia de bandeira nacional rejeitada por falta de garantias financeiras. ?Se a melhor proposta para o Estado vier do mesmo investidor que fez uma oferta em Dezembro de 2012 não vejo por que não?, afirmou Sérgio Monteiro, em entrevista à Bloomberg, considerando que o projecto apresentado por Efromovich em 2012 ?era muito bom?. Tal como o secretário de Estado dos Transportes, também a administração da TAP considerava a proposta favorável, tendo o presidente da TAP, Fernando Pinto, afirmado no passado mês de Outubro que a proposta de Efromovich ?é estrategicamente boa?, como o Turisver.com noticiou a 29 de Outubro. A oferta de Efromovich foi, no entanto, chumbada pela Parpública, a holding que gere as participações do Estado em empresas e que controla 100% da TAP, bem como pela comissão de acompanhamento da privatização, tendo o Governo acabo por recusar a proposta no Conselho de Ministros de 20 de Dezembro de 2012, alegando falta de garantias financeiras. Sérgio Monteiro afirmou ainda à Bloomberg que o Governo poderá relançar a venda da TAP em 2014, escusando-se, no entanto, a confirmar se o accionista maioritário da companhia colombiana Avianca continua interessado na TAP. I.M.