Greve agendada para a SATA já provocou cancelamentos na hotelaria açoriana

A greve da SATA, que está agendada para os dias 23, 24 e 25 de Abril e 2, 3 e 4 de Maio, já está a provocar cancelamentos na hotelaria açoriana, revelou Humberto Pavão, delegado nos Açores da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP). ?Já existiram alguns cancelamentos para este período inicial [da greve], que coincide com o rali [dos Açores], mas não sei quantificar exactamente. E muitas pessoas quando solicitam reservas perguntam se coincide com a greve e depois vêm dizer que não dá jeito?, disse Humberto Pavão, em declarações à agência Lusa. Mas a situação pode ser ainda mais preocupante, uma vez que as festas do Santo Cristo, que decorrem entre 3 e 6 de Maio, coincidindo com o segundo período de greve anunciado pela plataforma sindical que representa os trabalhadores da SATA. De acordo com Humberto Pavão, “ainda não há registo de cancelamentos”, mas os empresários do sector aguardam “apreensivos”, uma vez que ?se vier algum cancelamento vai ser em massa, porque estas viagens são feitas em grupo?, explica o responsável. O responsável frisou ainda que entre os empresários do ramo há “um receio quanto ao futuro”, porque temem que essa paralisação possa “desencadear outras”, nomeadamente no verão, “caso não seja alcançado um acordo”. I.M.