Greve nos aeroportos alemães obriga Lufthansa a cancelar 800 voos

A greve nos aeroportos de Frankfurt, Munique, Colónia e Bremen marcada pelo sindicato alemão Ver.di para esta terça-feira, entre as 5h00 e as 18h00, obriga a Lufthansa a cancelar mais de 800 voos.

Devido a esta paralisação, que vai afectar os serviços de handling de terra, os serviços de apoio e parte dos serviços de bombeiros dos respectivos aeroportos, a Lufthansa terá de cancelar aproximadamente 800 dos 1.600 voos programados, incluindo 58 operações de longo curso, que irão afectar aproximadamente 90.000 passageiros. As operações de voos irão ser retomadas com normalidade na quarta-feira.

A transportadora aérea alemã indica que publicou um horário online alternativo, e informa que os seus passageiros deverão verificar o estado dos seus voos na página www.lufthansa.com antes de partirem para o aeroporto. Os passageiros que providenciaram os seus contactos à Lufthansa serão notificados das alterações por SMS ou correio electrónico, podem também inserir ou actualizar os seus dados de contacto a qualquer altura na página da companhia, na secção “As minhas reservas”, ou podem também escolher ser informados automaticamente sobre possíveis alterações dos seus voos via Facebook ou Twitter.

Por outro lado, independentemente de o voo ser ou não cancelado, todos os passageiros do Grupo Lufthansa (à excepção dos voos operados pela SWISS) que tenham reservado um voo de, para ou via Frankfurt e Munique para esta terça-feira, podem alterar a data gratuitamente para outro voo nos próximos sete dias.