Grupo Belver Hotels remodela unidades para “criar produto” e atrair clientes

O Grupo Belver Hotels está a renovar grande parte das suas unidades hoteleiras com o objectivo de “criar produto e diferenciar esse produto da concorrência”, uma estratégia que pretende também aumentar a visibilidade dos hotéis no mercado para assim atrair um maior número de clientes. “Alguns destes investimentos fundamentam-se num princípio estratégico que é melhorar a visibilidade que os nossos hotéis têm no mercado. Depois, há também o objectivo de criar novas facilidades, o que nos permitirá trabalhar com públicos diferentes e, acima de tudo, criar produto”, afirmou ao Turisver.com Jorge Ortiga, director de operações do Grupo Belver Hotels. De acordo com o responsável, o grupo pretende afirmar-se pela renovação da sua oferta e não através da baixa de preços, o que pode levar à deterioração do serviço e ao consequente afastamento dos clientes. “Se entramos na guerra de preços como a maioria dos hoteleiros fazem, entramos numa guerra sem fim e passamos a vender só preço e, neste caso, corremos o risco de estragar o serviço. Esta é a nossa grande estratégia, queremos criar produto e diferenciar esse produto da concorrência”, afirmou, sublinhando que o objectivo é “fidelizar clientes”. Recorde-se que o Grupo Belver Hotels tem vindo a renovar as suas unidades hoteleiras desde 2008, quando arrancou a remodelação do Belver Beta Porto Hotel, que viria a terminar em Março de 2012, tendo, pelo meio, sido iniciado também o processo de intervenções no Belver Grande Hotel da Cúria, cujas obras arrancaram em Outubro de 2011, tendo sido concluídas em Junho de 2012. Em 2012, o grupo partiu também para a renovação dos apartamentos do Ténis da Aldeia, que fazem parte do complexo do Hotel da Aldeia, em Albufeira, unidade de três estrelas que está também a ser intervencionada desde o início do ano, com o objectivo de passar a quatro estrelas. Para este ano, o grupo tem também prevista a ampliação do Belver Príncipe Real, unidade de quatro estrelas em Lisboa, que deverá passar a contar com 65 novos quartos, apartamentos, restaurante e duas salas de reuniões, além de contar com um projecto para a construção de uma unidade de cinco estrelas no Belver Porto Dona Maria Resort & Golf, apesar de não ser ainda certo que a obra possa arrancar este ano. I.M.