Grupo PortoBay: Receitas aumentaram 10% em 2016

No ano que passou, receita consolidada global do Grupo PortoBay aumentou 10% face a 2015, atingindo os 78,3 milhões de euros. No mesmo período, as dormidas efectuadas nos 12 hotéis do grupo cifraram-se em 867 mil.

Em Portugal, onde o grupo tem nove unidades -seis na Madeira, uma no Algarve e duas em Lisboa, os rendimentos operacionais alcançaram os 65,5 milhões de euros, número que reflecte um crescimento de 13% em termos homólogos. No Brasil, onde PortoBay tem três unidades hoteleiras – Rio de Janeiro, São Paulo e Búzios – a receita operacional atingiu os 49 milhões de reais.

O grupo fechou o ano com uma taxa de ocupação média anual de 93% nos hotéis da Madeira, resultado que esteve em linha com o ano anterior, para o qual “contribuiu uma muito boa performance da estação de Inverno 15/16”, realça o grupo”. No Algarve, a ocupação média anual subiu aos 80%, crescendo 7% face ao ano anterior, “com igual contributo positivo da operação de Inverno”. Quanto a Lisboa, a consolidação do cinco estrelas PortoBay Liberdade aberto em 2015 e a abertura, em meados do ano passado, do quatro estrelas PortoBay Marquês “correram acima das expectativas, nomeadamente ao nível da ocupação, sendo que este destino atingiu os 74%”.

O grupo refere ainda que “em 2016 verificou-se uma vez mais um aumento significativo na taxa de repetição de hóspedes em Portugal que atingiu os 38%, destacando-se o número recorde de repetentes na Madeira que subiu aos 44%”, números alavancados no programa de fidelização do grupo, PortoBay Prestige.